Comentários sobre o início de Red Dead Redemption 2

Aviso: Não há spoilers da história no corpo do texto além do que já sabíamos por trailers prévios.

Finalmente ele chegou, meus amigos. Red Dead Redemption 2, depois de 8 anos e meio do lançamento do primeiro, que foi um marco para os jogos de mundo aberto e também para os jogos de faroeste, tema tão pouco explorado pela indústria dos jogos, em especial quando comparado a guerras mundiais, alienígenas e zumbis.

A espera de todo mundo não era pouca. As semanas antes do lançamento pareciam meses para todos esperando o jogo. E os dias antes do lançamento pareciam semanas. E aí o jogo finalmente foi lançado, e muita gente que pegou o jogo digitalmente, depois de passar de horas a dias baixando seus quase 100 gigabytes nos seus Xbox Ones ou Playstations 4, ficou acordado até a 1 hora da manhã do Brasil para colocar os dedos no controle e finalmente curtir essa aventura.

bonomeneto_RedDeadRedemption2_20181026_02-41-18

Continuar lendo

Anúncios

[Fran’s Review] Batman: Arkham Knight

“-Batman, it’s probably a trap.

– I’m counting on it.”

Produtora: Rocksteady
Distribuidora:  Warner Bros. Interactive Entertainment
Gênero: Ação-Aventura
Versão Analisada: Xbox One
Plataforma: Xbox One, Ps4 e PC

Arkham Knight tem o início logo após os eventos do Batman: Arkham City, se preparando para concluir a história do super-herói nesse universo.

A história é muito bem apresentada, começando com uma narração do Comissário Gordon sobre os acontecimentos daquela época e te introduzindo àquela nova aventura contra o famoso vilão Espantalho.

Foi introduzido nesse jogo um novo vilão, sendo mais um dos que ajudam o Espantalho em sua missão de enlouquecer Gotham e o Batman, o Arkham Knight, quem passa a ter um papel muito importante no desenrolar da história, muitas vezes até deixando o vilão principal um pouco de lado.

Clique e leia sobre o desfecho da saga do Cavaleiro das Trevas

[Fran’s Review] Sunset Overdrive

“Now THAT’S how you end a game”

Sunset_Overdrive_KeyArt_Vert_RGB_Final

Produtora: Insomniac Games
Distribuidora:  Microsoft Studios
Gênero: Ação-Aventura, Tiro em Terceira Pessoa
Plataforma: Xbox One

Sunset Overdrive teve sua primeira aparição em um trailer que mostrava o que o jogo seria, em seu núcleo, mas que não conseguia dar uma ideia geral de como ele seria na prática.

Acabou chamando muita atenção por ser um jogo da Insomniac Games, conhecidos por Spyro The Dragon, Ratchet & Clank e Resistance. Mesmo após trailers do jogo e vídeos de como ele seria, a única maneira de entender como ele é empolgante e viciante é quando se joga.

Clique e veja mais sobre o apocalipse mais avacalhado de 2014

[Henrique’s Review] Dragon Age: Inquisition

Dragon_01_WM_web

Nome: Dragon Age: Inquisition

Produtora: Bioware

Gênero: RPG ocidental

Plataforma(s): Playstation 3, Playstation 4, Xbox 360, Xbox One e PC

Versão Analisada: Playstation 4

Continuar lendo

[Fran’s Review] Metal Gear Solid V: Ground Zeroes

“Kept you waiting, huh?”

Produtora: Kojima Productions
Distribuidora: Konami
Gênero: Espionagem tática
Plataforma(s): Xbox One, Xbox 360,  PS3 e PS4
Versão analisada: Xbox One

Vendido apenas pela metade do preço, Metal Gear Solid V: Ground Zeroes é uma breve introdução ao que está por vir em sua continuação, Metal Gear Solid V: Phantom Pain. Ao dizer introdução me refiro tanto em história quanto em mecânica.

A história de Ground Zeroes é muito curta, e com o intuito mesmo de apenas direcionar para o próximo jogo, sendo apenas um intermédio entre o Phantom Pain e o jogo anterior, Peace Walker. Apenas uma das missões do jogo, a principal, tem foco em mostrar essa história. Ou seja, não espere nenhum jogo com uma vasta campanha, e sim algo mais próximo aos VR Missions, já existentes em jogos anteriores da série. Embora a conexão entre os dois jogos tenha sido feita com sucesso, inúmeros personagens e acontecimentos ficaram em aberto, deixando todo o desfecho para o Phantom Pain.

Clique para continuar lendo sobre o novo meio de espionagem!