[Consciência Gamer] Seios, feministas e a sociedade do “sim ou não”

1

Após o início das ondas feministas no século XIX, o movimento vem, a cada dia, ganhando mais força e notoriedade, e as mulheres, o seu merecido espaço e direitos como cidadãs e seres humanos. Apesar do notável progresso, é inegável que ainda há muito a ser trabalhado no que se diz respeito à ideologia igualitária dos sexos. Infelizmente, independentemente das conquistas e dificuldades, existe a parcela de mulheres sem boas intenções, ou mesmo puramente extremistas, que se afastaram da filosofia original do movimento para obter benefício próprio, ou mesmo “dar o troco”, prejudicando e prolongando ainda mais a busca pelo fim das diferenças e injustiças. Com esse boom do feminismo e do “neofeminismo”, o mundo começou a mudar: mídia, leis, entretenimento…e sim, isso inclui os videogames.

Leia o artigo inteiro clicando aqui!

Anúncios