[Review] The Division

When society falls, we rise.

Produtora: Ubisoft
Distribuidora:  Ubisoft
Gênero: Tiro em terceira pessoa
Plataforma: Xbox One, Ps4 e PC
Versão Analisada: PC

The Division, o mais novo Massive Multiplayer Online da Ubisoft teve finalmente seu tão esperado lançamento. O público todo foi à loucura quando viu o seu primeiro trailer: gráficos impressionantes, gameplay inovador e dentro de todo um novo conceito e mistura de gêneros. Mas será que cumpriu o prometido ou teríamos em mãos um segundo Watch Dogs?

De história o jogo tem muito pouco, e o pouco que tem acabou sendo muito mal contado. Tudo que você sabe pelo extenso vídeo de introdução é que uma epidemia se espalhou por Nova Iorque, uns lugares afetados mais drasticamente que outros, e o seu personagem faz parte da Divisão, agentes que estão prontos para situações como essas, assim capazes de ajudar a tomar o controle da civilização e humanização da sociedade.

Trechos de acontecimentos são vistos através de missões secundárias, que mostram o que ocorreu durante o início da epidemia, onde toda a população estava descontrolada e procurando alternativas de sobrevivência e de escapatória da grande cidade.

Clique e leia sobre o novo TPS-MMO da Ubisoft!

Anúncios

[Consciência Gamer] Jogador Mimado

Se levarmos a palavra videogame ao pé da letra e a dividirmos em seus dois componentes, temos vídeo e jogo. Vamos deixar nesse artigo um pouquinho do design de jogos de lado e falar sobre o componente de vídeo, ou seja, os visuais.

Clique para continuar lendo!

[Fran’s Review] Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

“Les Enfants Terribles… Zero called it.”

Produtora: Kojima Productions
Distribuidora:  Konami
Gênero: Operações de espionagem tática
Versão Analisada: Xbox One
Plataforma: Xbox One, Xbox 360, Ps4, Ps3 e PC

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain veio para fechar todas as pontas soltas desse incrível e grande enredo, sendo o último da saga sendo dirigido pelo nosso querido Hideo Kojima.

Muitas dúvidas ainda pairavam no ar para saber o que de fato aconteceu com o Big Boss para que ele se tornasse o conhecido vilão dos primeiros jogos da série, ainda para o console MSX, Metal Gear e Metal Gear 2: Solid Snake. O que o transformou desde o Snake que conhecemos em Metal Gear Solid 3: Snake Eater para virar o tão temido Big Boss?

Clique e leia sobre o desfecho dessa incrível saga!

[Neto’s Review] Halo: Combat Evolved

“They were waiting for us on the far side of the planet.”

latest

Produtora: Bungie (original); 343 Industries (Anniversary)

Publicadora: Microsoft

Plataformas: Xbox e PC (original); Xbox 360 (Anniversary) e Xbox One (Anniversary, dentro de Halo: The Master Chief Collection)

Ano de lançamento: 2001 (Xbox e PC); 2011 (Xbox 360); 2014 (Xbox One)

Versão jogada: Xbox One

Dificuldade escolhida para análise: Normal

Halo. Uma das séries mais cultuadas, não somente por quem gosta do Xbox, mas por basicamente quem é fã de shooters. E uma das minhas maiores vergonhas era nunca ter zerado nenhum jogo da série, apesar de ter jogado um bom tanto de Halo: Reach e de Halo 4.

Mas isso chegou ao fim hoje, após cerca de 14 horas de campanha em Halo: Combat Evolved.

Não deixe os Covenant vencerem! Clique e continue lendo!