[Tomio’s DLC Review] Harley Quinn’s Revenge

1Nome: Batman Arkham City
DLC: Harley Quinn’s Revenge
Produtora: Rocksteady
Gênero: Ação
Plataforma(s): Playstation 3, Xbox 360, PC, Wii-U

Harley Quinn’s Revenge é basicamente um epílogo para um dos melhores jogos de 2011, Batman Arkham City, contando os acontecimentos na infame cidade logo após o término da campanha principal com o Batman.

Aqui o foco do jogo é com o Robin, que precisa investigar o desaparecimento do Batman, que por sua vez, se comportava de maneira estranha momentos antes de seu sumiço.

O conteúdo é dividido em três “grandes” etapas: O prólogo com o Robin, um flashback com o Batman e o desfecho com o Robin novamente. O jogo se mantém basicamente intacto em mecânicas para o homem morcego, e a mesma coisa dos pacotes de desafios para o menino prodígio. É interessante jogar com o Robin e ver as sutis diferenças de gadgets e estilo de luta em relação ao cavaleiro das trevas, como um escudo que protege contra armas de fogo e mini-explosivos além do famoso gel.

2

O pacote apresenta apenas um balcão inédito, explorável apenas com o Robin, e reaproveitamento de um pedaço de Arkham city com Batman. Cada uma das três partes do DLC, se jogadas com cautela, observando ao redor (os inimigos, cenários e a Harley estão com um visual mais dark e diferente do que foi visto na campanha principal) e indo atrás dos (óbvios) troféus, não duram mais do que meia hora cada, totalizando 90 (noventa) minutos de jogatina. Não há desafio nas lutas, não há uma boa variedade de coisas para fazer e a única boss battle é um desafio de predador normal. Dez dólares nunca foram tão em vão.

Em questão de enredo o DLC novamente falha, pois apesar de ser uma continuação antagonizada por Harley Quinn, não acrescenta absolutamente nada no universo. É como se o jogador estivesse assistindo um episódio auto-suficiente de um seriado americano.

O único real extra são balões espalhados pelo bloco disponível de Arkham City e dentro do balcão onde Robin se encontra, mas eles são espalhados de forma aleatória, sem o auxílio de navegadores como os troféus do Riddler e sem propósito algum para coletá-los. No final, isso não passa de um prolongamento artificial e frustrado da duração do jogo.

Custo/benefício: Péssimo

Harley Quinn’s Revenge custa o preço de um jogo leve por download, mas não apresenta 1/10 do que esses jogos costumam oferecer. Um claro e desnecessário caça-níquel que deveria estar incluso gratuitamente no pacote de desafios do Robin, assim como foi no pacotão da Catwoman. Uma tremenda bola fora vinda de uma empresa tão competente como a Rocksteady.

Anúncios

4 pensamentos sobre “[Tomio’s DLC Review] Harley Quinn’s Revenge

    • Pra quem tem a Goty/Armored Edition dá pra jogar de boa, que vai tá tudo no pacote mesmo…mas pra quem tem só a edição normal não vale nada. O único que vale é o da Catwoman, mas esse, se você compra lacrado, vem de graça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s