[Especial The Legend of Heroes] Parte 4 – Trilhas alternativas

Uma série de sucesso não poderia ficar de fora do mundo dos spin-offs e adaptações, não é mesmo? Com a série Trails, essa regra foi seguida.

Ys VS Sora no Kiseki: Alternative Saga

Em 2010, meses antes de Trails of Zero, foi lançado o crossover Ys VS Sora no Kiseki: Alternative Saga (Ys VS Trails in the Sky: Alternative Saga, se traduzido), para Playstation Portable. O jogo, como sugere o nome, reúne grande parte do elenco da série Trails com os mais famosos personagens de outro sucesso da Falcom, a franquia Ys. Apesar de ser um spin-off, dá a entender que o jogo se passa perto dos eventos finais de Trails in the Sky Second Chapter.

Em uma batalha

O jogo segue a mesma proposta de títulos como Dissidia Final Fantasy e Tales of VERSUS, reunindo vários personagens famosos de sua produtora em um jogo de luta. Ys VS Trails se destaca com sua jogabilidade fluida e completa, herdada diretamente de Ys, trilha sonora remixada com os maiores sucessos da empresa, o primeiro jogo a dublar personagens da série Trails, o primeiro título da Falcom a apresentar um sistema interno de conquistas, que ajudam a desbloquear extras, e um conteúdo extra invejável, já que o jogo tem como bônus nada menos que vários vídeos, centenas de músicas e artes conceituais de vários jogos da Falcom, um prato cheio para os fãs da empresa. O título também prepara o terreno para Trails of Zero, com a participação do personagem Lloyd Bannings, protagonista da saga Crossbell.

Trails in the Sky The Animation

Em 2011, foi lançado um Original Video Animation (OVA) da trilogia Trails in the Sky, chamado Trails in the Sky The animation. Os dois episódio da animação, produzidas pelo estúdio Kinema Citrus (Tokyo Magnitude 8.0), conta resumidamente os acontecimentos de Trails in the Sky Second Chapter.

Olivier e suas melodias

A animação pode desapontar muitos fãs por não seguir fielmente o enredo do jogo, contendo muitas partes alteradas e até mesmo criadas, além de personagens que deveriam dar as caras não aparecerem até o final. Apesar dos pesares, ainda é uma curta que vale a pena ser visto. Além de ótimas cenas de lutas, usa a excelente trilha sonora original do jogo e o enredo geral ainda é mantido. Fora que, ver como funciona o sistema de orbments, assim como ouvir todos os personagens devidamente dublados, é no mínimo interessante.

Trails of Nayuta

Em 2012, a Falcom lança Trails of Nayuta, um RPG de ação, para Playstation Portable.

Apesar do nome, Trails of Nayuta não tem quase nada do universo Trails, a não ser alguns nomes de mecânicas e a presença de um cameo. O jogo fica muito mais próximo da série Ys, com jogabilidade rápida e fluida, mas em um gameplay muito mais puxado para o arcade.

Gameplay

As partidas rápidas de dungeons e a evolução gradativa do personagem faz de Trails of Nayuta um jogo com ritmo bastante agradável e adaptável ao jogador, A bola fora em relação ao título fica por conta do enredo, que não chega nem perto de ser complexo e grandioso como a série Trails canônica. Os personagens também não ajudam, pois praticamente nenhum ganha aprofundamento o suficiente para o jogador se identificar. Para os fãs da série Trails o título pode desapontar bastante, pois o enredo, que é o principal trunfo da série, não é grande coisa. Mas independente disso, temos um action RPG de alta qualidade, com conteúdo amplo e variado que entrete o jogador até o último segundo, além de outro excelente trabalho da produtora na parte sonora.

Trails of Zero Evolution

Em outubro de 2012, será lançado Trails of Zero Evolution, um remake para o Playstation Vita.

Além dos gráficos melhorados e da trilha sonora remasterizada, o jogo vai contar com um conteúdo mais amplo, como mais minigames, mais side quests, e o principal aspecto: a quest principal completamente dublada. Esse será o primeiro jogo da série a receber dublagem completa, prometendo levar a imersão do enredo a outro nível.

Um dos novos minigames

E assim, encerra o especial sobre a série The Legend of Heroes. Qual será o próximo passo da Falcom? Um novo Spin-off? Remake? Animações? Ou o aguardado oitavo jogo numerado da franquia? A expectativa que os fãs criam sobre a série e a Falcom é a prova de uma empresa competente consegue trazer títulos de qualidade, independente da importância do jogo em questão com a série.

A franquia, em ordem de lançamento:

Duologia Dragon Slayer:

-Dragon Slayer: The Legend of Heroes (1989, PC)
-Dragon Syaler: The Legend of Heroes II (1992, PC)

Trilogia Gagharv:

-The Legend of Heroes III: Prophecy of the Moonlight Witch (1994, PC)
-The Legend of Heroes IV: A Tear of Vermillion (1996, PC)
-The Legend of Heroes V: A Song of the Ocean (1999, PC)

Série Trails – Trilogia Trails in the Sky (Saga Libeel):

-The Legend of Heroes VI: Trails in the Sky First Chapter (2004, PC)
–Trails in the Sky Second Chapter (2006, PC)
–Trails in the Sky The Third (2007, PC)

Série Trails – Saga Crossbell:

-The Legend of Heroes VII: Trails of Zero (2010, PSP)
–Trails of Azure (2011, PSP)

Outros:

-Ys VS Trails in the Sky: Alternative Saga (2010, PSP)
-Trails in the Sky The animation (2011, OVA)
-Trails of Nayuta (2012, PSP)
-Trails of Zero Evolution (2012, Vita)

Especial parte 1

Especial parte 2

Especial parte 3

Anúncios

6 pensamentos sobre “[Especial The Legend of Heroes] Parte 4 – Trilhas alternativas

  1. Pingback: [Especial The Legend of Heroes] Parte 2 – Trilhas no céu « Jogador Pensante

  2. Pingback: [Especial The Legend of Heroes] Parte 1 – Trilhas da independência « Jogador Pensante

  3. Pingback: [Especial The Legend of Heroes] Parte 3 – Trilhas novas « Jogador Pensante

  4. Cara, eu sou ultra fã de Ys. queria que lançassem o 4 e o 5 em inglês pra eu poder jogar…

    Mas, nem sabia que tinha a ver com The Legend of Heroes…

    Mas, esse tbm deve ser muito foda, porque se tem a ver com Ys então é fodão kkkkkkkkkkkk

    Bom artigo!!! 😀

    • Na verdade tem nada a ver com Ys XD

      A relação com Ys foi só o Crossover spin-off de luta. A série principal de The Legend of Heroes é um RPG por turnos. (Trails of Nayuta tem a jogabilidade de Ys, mas a progressão é mais Arcade)

      E obrigado pelo elogio!

      • hummmm então não tem nada a ver… Achei que fosse o mesmo mundo e talz… Enfim…

        De nada, os artigos estão bons mesmo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s