[Overthinking] Arquivo confidencial – Mario

Muitos de nós sabemos que Mario veio de Jumpman, o homenzinho pulador de barris do arcade “Donkey Kong“. Mas o que ninguém sabe, é que aquele personagem que precisa salvar Daisy é também um ator, um trabalhador como todos nós. Com o sucesso do arcade, a fama veio à tona, e junto a ela o nome Mario foi dado ao bigodudo italiano. Vindo de família modesta, a fama logo subiu à cabeça do mais novo mascote da Nintendo, e não demorou muito para por as mãos em atrizes pornôs, como Peach, e em drogas. Afinal, cogumelos e folhas não nascem em qualquer lugar.

O primeiro trabalho de Mario.

Se dando conta da má conduta de seu novo funcionário, a Nintendo resolveu demití-lo, obrigando-o a recomeçar a vida como encanador. Começando a ter mais despesas que lucros, Mario não teve outra saída a não ser oferecer sua mais nova companheira, Peach, ao seu fornecedor, Bowser, como garantia em troca de mais cházinhos e algumas ervas extras.

O novo local de trabalho de Mario.

Mas os problemas não terminaram por aí. A mídia sensacionalista descobriu o paradeiro de Mario e começou a investigar sua vida. A Nintendo, com medo que descubram toda a verdade por trás daquele homem e possam, com isso, prejudicar o crescimento dela com escândalos, contrata Mario de volta junto com Bowser e Peach, fazendo todos acreditarem que aquilo é um ensaio para o próximo projeto da empresa japonesa. Em troca de sigilo e cooperação, Mario ganha o direito de consumir tudo o que bem entender em termos de entorpecentes, além de aliviar suas necessidades sexuais com Peach em dias de folga.

Vai um “cházinho” aí?

Nasce, assim, Super Mario Bros.

Com o sucesso do projeto, a Nintendo resolve fazer do jogo uma série. Mas esses planos foram cancelados, já que Bowser simplesmente desaparece antes da conclusão do segundo título, onde o bigodudo veste trajes de Guaxinim e Sapo. Novamente sem emprego, mas desta vez com a vida estabilizada, Mario e Peach se mudam para o interior, onde têm um filho, Toad, e levam uma vida agrícola tranquila até a chegada de Wart, capanga de Donkey Kong, que usou o poder conquistado para mergulhar no mundo do crime. Wart na verdade estaria atrás de Bowser, que procurou o símio do tráfico para declarar que gostaria de sair daquele mundo, a fim de se dedicar totalmente à fama. Furioso, Donkey manda seu fiel sapo atrás da tartaruga espinhuda, que desaparece do mapa após receber ameaças por telefone.

Toad vs Wart.

Vendo o perigo se aproximando do ex-colega de trabalho, a famíla de Mario une forças para derrotar o criminoso. O que ninguém sabia é que um funcionário da Nintendo gravava todo o confronto escondido, levando o projeto para os estúdios internos da empresa e criando Super Mario Bros. 2. A mídia, espantada com a repentina troca de vilões, investiga novamente a vida de Mario e também da Nintendo. Como resultado, eles obtém um beta do que seria o verdadeiro Mario Bros. 2, um jogo que expõe bastidores e sem nenhum tipo de efeito especial ou cenário apropriado. Percebendo o vazamento (causado por um erro de estagiário), a Nintendo lança assim mesmo o beta, chamado-o de Super Mario Bros. 3, antes que qualquer tipo de suspeita e/ou escândalo fossem levantados.

Super Mario Bros. 2 BETA

Informado da derrota de Wart, Bowser volta para a Nintendo, que reúne o elenco e imediatamente começa seu mais novo projeto: Super Mario World. Nesse jogo também estaria presente Toad, filho de Peach e Mario (na verdade, de Luigi), vestido como um dragão verde de montaria que atende hoje como Yoshi. Obtendo enorme sucesso, acaba ganhando posto de estrela no próximo projeto, Yoshi’s Island, onde o cogumeludo fantasiado precisa carregar seu irmão mais novo nas costas.

Toad e seu irmãozinho.

O resto, é o que todos nós vimos até então. E assim fecha a fase obscura do encanador mais famoso dos games, onde, literalmente, quase entrou pelo cano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s