[Epoch – The Time Machine] Einhänder

Thunder Force, Gradius, Metal Slug, Darius, R-Type…certamente o primeiro console da Sony, Playstation, teve uma line up com as melhores séries de Shoot’em Up e Run’n’Gun do mercado em sua época. Não apenas de franquias consolidadas, como novos títulos surgiram em meio ao mar da concorrência e garantiram seus espaços na fama e no prestígio. Um desses jogos se chama Einhänder, primeira e única aposta da Squaresoft no gênero que resultou simplesmente em um dos melhores jogos de tiro lateral de todos os tempos.

Einhänder impressiona pelo seu capricho no level design, agulações de câmera cinematográficas e em seus gráficos, que são bastante agradáveis de se ver até mesmo hoje em dia através de um PSP. A alta interatividade com o cenário, seja com as coisas à frente do jogador como detalhes no fundo das paisagens, faz com que cada jogatina se torne diferente dependendo da ação tomada por quem joga. Não só os cenários como os inimigos também levaram bastante atenção, tendo muitos deles com múltiplas partes destrutíveis e que podem mudar drasticamente as estratégias. A trilha sonora é composta por muita música eletrônica, que casam perfeitamente com os tiroteios e explosões.

Em Einhänder, o jogador pilota a nave de mesmo nome para entrar em uma guerra entre a Lua e a Terra em um futuro distante. Como um piloto lunar, o jogador deve obedecer ordens de sua base e diminuir o máximo de poder terrestre que puder enquanto estiver vivo. O jogo tem uma narrativa discreta, mostrada através de breves cuscenes em CGs entre algumas fases e através de reports depois de uma missão cumprida. Assim como o nome, o jogo em geral utiliza bastante alemão para nomear as coisas ou para as vozes inimigas.

O jogo é bem diferente dos shoot’em ups convencionais, pois não carrega um sistema de power up, mas sim um sistema que aposta mais em estratégias de combate com um arsenal variado, roubando as armas dos inimigos que variam desde básicas metralhadoras até a canhões laser, todas com altos e baixos que vão desde alcance a número de tiros. As armas, incluvise, podem possuir dois padrões de ataque, bastanto o jogador controlar a mão que a nave possui (que dá razão ao nome). Além das armas, Einhänder possui um sistema similar a série Darius, onde é possível variar a rota de jogo dependendo das ações do jogador. No caso do jogo da Square, a modificação de rota acontece dentro de uma mesma fase, fazendo com que cada replay seja realmente único.

Não apenas de ação desenfreada é composto Einhänder. O jogo carrega uma série de segredos a serem desvendados em cada fase, que podem variar entre quebrar objetos, obter uma arma escondida, destruir alguma coisa do cenário de fundo ou destruir inimigos específicos de forma específica. Muitos desses segredos dão ao jogador armas especiais, que em geral são muito mais poderosas que as armas comuns. Apesar do jogo claramente não ser do estilo hardcore, onde é preciso desviar de tiros milimetricamente, a dificuldade é baixa demais para um jogo do gênero, o que pode vir a ser um problema para os amantes de shooters, mas uma grata surpresa para iniciantes ou desprovidos de reflexos aguçados.

Einhänder é uma prova de que uma empresa especializada em um só gênero pode também criar grandes títulos em outras áreas. Uma pérola da Square, que infelizmente não foi continuada, mas que ainda assim faz a diversão de muita gente devido ao seu altíssimo fator replay.

Nota: 9,5

Anúncios

3 pensamentos sobre “[Epoch – The Time Machine] Einhänder

  1. Cara esse jogo era demais!!! E difícil pacas também uaehUAehAU

    Eu vendo a geração de 32 bits, dá para notar como a Square-Enix era talentosa e audaciosa. Quanta coisa legal ela lançou, tem o Ergheiz que era sensacional. Uma pena ela hoje ficar na Final Fantasy dependência.

    Pelo menos os caras compraram a Eidos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s