[Epoch – The Time Machine] Legend of Legaia

Legend of Legaia é um JRPG desenvolvido pela Contrail, subsidiária da atual Studio Japan, para Playstation em 1998 no Japão.

Vila de Vahn dominada pela Mist

Legend of Legaia conta a história dos humanos e dos serus, uma espécie de seres místicos, que conviviam em harmonia com a humanidade até o surgimento da misteriosa Mist, uma névoa malígna que espalhou o caos pelo mundo. Após ter sua vila afetada pela névoa, Vahn, o protagonista, parte em busca de soluções e respostas para o que tem acontecido com o auxílio de um ra-seru, seru surgido a partir de uma Genesis Tree, árvore capaz de anular a Mist e seus efeitos. O jogo possui uma atmosfera caótica que envolve quem joga com muita facilidade, transmitindo bem o drama das situações, seja através das musicas bem escolhidas, da trama em si ou até mesmo das expressões faciais dos bonequinhos. É difícil falar de Legend of Legaia e não lembrar das cenas onde as Genesis Trees são revitalizadas, mudando todo o ambiente em volta delas e trazendo uma sensação de tranquilidade e estabilidade.

Gráficos in-game

O jogo, mesmo sendo um dos primeiros trabalhos tridimensionais da Sony no gênero, possui gráficos tridimensionais decentes, uma boa direção de arte e belas CGs. Seguindo a mesma fórmula de jogos como Final Fantasy VII (Squaresoft), Legend of Legaia traz personagens em SD (superdeformed) nos ambientes de exploração e cutscenes, e em tamanho real durante as batalhas. Mas, ao contrário de muitos títulos, este possui cenários totalmente reproduzidos por sua própria engine, descartando os famosos “cenários de fundo”, imagens que simulam ambientes muito usados em jogos de câmera fixa em sua época. Os detalhes dos personagens no modo de batalha certamente impressionam a muitos se considerado a época e o console em que tudo aquilo que ocorre na tela eram reproduzidos, incluindo desde variação de roupas e armaduras dependendo dos equipamentos a vozes ao executar golpes. A trilha sonora é composta em geral por belas melodias com tons indígenas e/ou tribais, que casam bem com as cenas apresentadas ou com as batalhas ocorridas.

Uma das músicas do jogo:

O sistema de batalhas do jogo é algo único mesmo nos dias de hoje: Apesar do sistema ser em turnos passivos, é preciso executar golpes como em um jogo de luta, com comandos no direcional. O jogador pode descobrir sozinho novos comandos como também encontrar pergaminhos que ensinam a forma correta. O mais interessante é que, dependendo da arma equipada, o número de comandos pode ser afetado, geralmente pelo fato do equipamento em questão não ser adequado ao personagem que o carrega. Além de artes marciais, é possível também usar os serus, absorvidos pelo ra-seru como se fossem pokémons e utilizados em batalhas como summons. Cada seru possui suas próprias características, e inclusive sobem de nível após um certo número de uso. Além de diferente, Legend of Legaia consegue ter uma dificuldade bastante elevada, exigindo bastante estratégia, um bom level e bons equipamentos caso o jogador não queira usar macetes, mas queira ao menos sobreviver até o final.

Sistema de batalha

Legend of Legaia possui um vasto mundo, que apesar de possuir um bom número de localidades, não possui muitos locais opcionais. Em compensação os extras não foram esquecidos, e a grande maioria deles são bastante interessantes, como eventos que vão desde um minigame de pesca a um de dança no maior estilo Bust-a-Move (Konami). É possível também acompanhar eventos paralelos de NPCs ouvindo suas histórias e ajudando-os de alguma forma. Pra completar, o jogo oferece um sistema de porcentagem, mostrada após terminá-lo, para os jogadores saberem quantas magias conseguiram ou quantos baús encontraram durante a jornada. Adição simples, mas que ajuda e incentiva caçadores de extras e quem procura fazer 100% do jogo.

O grupo e uma Genesis Tree

Legend of Legaia é um jogo que nasceu sem chamar muita atenção, mas que facilmente encanta quem o joga, mostrando de forma simples do que os produtores e o console da Sony eram capazes.

Nota: 9

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Epoch – The Time Machine] Legend of Legaia

  1. Nossa velho eu simplesmente adorava esse game. O Jrpg que mais joguei, o seu sistema de batalha era viciante demais, pura diversão. Aqueles que não eram muito fã do gênero, era pedida obrigatória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s